Formigas
   
  Formiga acrobata ou acrobática
  Classe: Insecta
Ordem:
Hymenoptera 
Família:  Formicidae
Nome vulgar: Formiga acrobata ou acrobática
   
 
   
  Biologia
 
Tamanho 2,5-4mm / rainhas: 10mm
Coloração Escura
Reprodução Sexuada
Alimentação Alimentos humanos diversos e artrópodes pequenos
   
 

Essas formigas têm esse nome por terem o hábito de levantar seu abdômen acima de suas cabeças quanto estão alarmadas ou são perturbadas. Aninham-se geralmente em madeira úmida e são freqüentemente encontradas em varandas. Raramente causam danos estruturais e não alimentam-se de madeira, e sim de outros insetos.

   
 

Abrigos

  - Batentes de portas
- Janelas
- Cascas de árvores, etc.
   
  Prevenção
  - Selar orifícios e frestas dentro das residências;
- Manter os alimentos guardados em recipientes bem vedados;
- Manter o ambiente livre de migalhas de alimentos
- Depositar folhas de louro ou cravo-da-índia, ou casca de tangerina nos locais onde as formigas são indesejáveis. Trocar estes ingredientes a cada duas semanas
   
   
  Formiga argentina
 

Classe: Insecta
Ordem:
Hymenoptera 
Família:  Formicidae
Nome científico:
Linepithema humile
Nome vulgar: Formiga argentina

   
 
   
  Biologia
 
Tamanho 2,2-2,6mm / rainhas: 4-6mm
Coloração varia de claro a marrom escuro
Postura Dezenas a centenas de ovos/dia
Reprodução Sexuada
Alimentação Onívora
   
  As colônias dessa espécie têm muitas rainhas, e podem ter milhares de operárias. Os ninhos podem ser encontrados dentro e fora de casa e são vistas durante o dia, mas também são ativas no período noturno.
Essas formigas se alimentam de uma série de alimentos, mas tem preferência por doces.
   
  Abrigos
 

- Batentes de portas
- Janelas
- Cascas de árvores, etc.

   
  Doenças Transmitidas e Patogenos Veiculados
 

- Bactérias
- Vírus
- Infecções

   
   
  Formiga cabeçuda
 

Classe: Insecta
Ordem:
Hymenoptera 
Família:  Formicidae
Nome científico:
Pheidole spp.
Nome vulgar: Formiga cabeçuda

   
 
   
  Biologia
 
Tamanho 1,5-6mm
Coloração Marrom amarelado ao preto
Reprodução Sexuada
Alimentação Alimentos humanos diversos e artrópodes pequenos
   
  Podem fazer seus ninhos no solo e em frestas de calçadas. Em residências aproveitam as falhas estruturais na construção para formarem os ninhos. Alimentam-se de produtos ricos em proteína, além de suco de frutas.
   
  Abrigos
  - Paredes que dão face para a área externa das residências, frestas de calçadas e jardins
   
   
  Formiga carpinteira
 

Classe: Insecta
Ordem:
Hymenoptera 
Família:  Formicidae
Nome científico:
Camponotus spp.
Nome vulgar: Formiga carpinteira

   
 
   
  Biologia
 
Tamanho 1,5-20 mm
Coloração Marrom amarelado ao preto
Reprodução Sexuada
Alimentação Alimentos humanos diversos e artrópodes pequenos
   
  Os ninhos principais, com a presença da(s) rainha(s) são localizados geralmente nas áreas externas das residências, como em árvores e no jardim. Ninhos satélites, ligados ao ninho principal ocorrem geralmente dentro das residências, principalmente associados a estruturas de madeira como armários, forros, batentes de portas e janelas e rodapés.
   
  Abrigos
  -  Calçadas,
-  Tocos de árvores
-  Sob cascas de árvores
-  Ninhos no solo
- Dentro de estruturas de madeira de residências
   
  Prevenção
  - Selar orifícios e frestas dentro das residências;
- Manter os alimentos guardados em recipientes bem vedados;
- Manter o ambiente livre de migalhas de alimentos
- Depositar folhas de louro ou cravo-da-índia, ou casca de tangerina nos locais onde as formigas são indesejáveis. Trocar os ingredientes a cada duas semanas.
   
   
  Formiga fantasma
 

Classe: Insecta
Ordem:
Hymenoptera 
Família:  Formicidae
Nome científico: Tapinoma melanocephalum
Nome vulgar:
Formiga fantasma

   
 
   
  Biologia
 
Tamanho 1,3-1,5mm
Coloração Cabeça e mesossoma escuro e pernas e gaster amarelados
Reprodução Sexuada
Alimentação Alimentos humanos, doces e salgados e outros artrópodes
   
  Estas formigas são caracterizadas pela coloração enegrecida do tórax e cabeça e pernas e abdome claros.
Estas formigas aninham-se geralmente ao ar livre, mas freqüentemente estabelecem colônias em vãos da parede, e alimentam-se de uma variedade de alimentos
   
  Abrigos
  - Pias de cozinhas
- Banheiro
- Tanques de lavar roupa, entre outros locais
   
  Prevenção
  - Selar orifícios e frestas dentro das residências;
- Manter os alimentos guardados em recipientes bem vedados;
- Manter o ambiente livre de migalhas de alimentos
- Depositar folhas de louro ou cravo-da-índia, ou casca de tangerina nos locais onde as formigas são indesejáveis. Trocar os ingredientes a cada duas semanas.
   
   
  Formiga do faraó
 

Classe: Insecta
Ordem:
Hymenoptera 
Família:  Formicidae
Nome científico:
Monomorium pharaonis
Nome vulgar: Formiga do faraó

   
 
   
  Biologia
 
Tamanho 1,5-2,0mm / rainhas: 4mm
Coloração Amarelo a marrom claro
Reprodução Sexuada
Alimentação Todo o tipo de alimento humano e  artrópodes
   
 

Fazem ninhos em pequenas cavidades no interior de ambientes domésticos. Representam um risco potencial para a saúde pública, especialmente a presença em hospitais, pois são vetores mecânicos de bactérias patogênicas. Esta espécie tem sido largamente espalhada pelo mundo através de transporte acidental e tem se tornado importante, principalmente nos centros urbanos. Consomem alimentos variados, tendo preferência pelos ricos em gordura e também substâncias doces. As colônias possuem muitos indivíduos, podendo conter várias rainhas que, apesar de possuírem asas, nunca voam. A formação de novas colônias ocorrem muito rapidamente. É uma das espécies mais difíceis de ser controlada, pois é altamente dominante sobre as outras espécies.

   
  Abrigos
 

- Pias de cozinhas
- Banheiro
- Tanques de lavar roupa
- Aparelhos eletrônicos

   
  Prevenção
  - Selar orifícios e frestas dentro das residências;
- Manter os alimentos guardados em recipientes bem vedados;
- Manter o ambiente livre de migalhas de alimentos
- Depositar folhas de louro ou cravo-da-índia, ou casca de tangerina nos locais onde as formigas são indesejáveis. Trocar os ingredientes a cada duas semanas.
   
   
  Formiga louca
 

Classe: Insecta
Ordem:
Hymenoptera 
Família:  Formicidae
Nome científico:
Paratrechina longicornis
Nome vulgar:
Formiga louca

   
 
   
  Biologia
 
Tamanho 2,2-3,0mm
Coloração Marrom escura a preta
Reprodução Sexuada
Alimentação Todo o tipo de alimento humano e artrópodes
   
  Normalmente fazem seus ninhos em áreas externas, principalmente em calçadas ou telhados, pois a temperatura é alta e adequada para o desenvolvimento da espécie. Ninhos também são encontrados no solo sob objetos, em material depositado no chão como pedaços de madeira e também em fendas entre calçadas e paredes. Consomem variedade de alimentos como carnes, doces, frutas, verduras e até refrigerantes.
   
  Abrigos
 

- Pias de cozinhas
- Banheiro
- Sob pedras
- Jardins
- Caixa de registros de água
- Calçadas, etc.

   
  Prevenção
  - Selar orifícios e frestas dentro das residências;
- Manter os alimentos guardados em recipientes bem vedados;
- Manter o ambiente livre de migalhas de alimentos
- Depositar folhas de louro ou cravo-da-índia, ou casca de tangerina nos locais onde as formigas são indesejáveis. Trocar os ingredientes a cada duas semanas.
   
   
  Formiga lava-pés
 

Classe: Insecta
Ordem:
Hymenoptera 
Família:  Formicidae
Nome científico: Solenopsis spp.
Nome vulgar:
Formiga lava-pés

   
 
   
  Biologia
 
Tamanho 3,0-7,0mm
Coloração Marrom avermelhado ao preto
Postura Dezenas de ovos/dia
Reprodução Sexuada
Alimentação Onívora
   
 

As formigas lava-pés,  são freqüentes nos jardins, calçadas e até mesmo dentro de casa. Os ninhos podem ser visualizados após períodos de chuva. A maioria das pessoas, quando picadas por formigas lava-pés, queixa-se de ardência local seguida de um surgimento de pequena bolha d’água. No entanto, em um número reduzido da população, a picada pode ocasionar um choque anafilático, que além de produzir taquicardia pode levar o acidentado a ter um edema de glote, onde a respiração é dificultada. Nestes casos, se não houver socorro imediato, o indivíduo pode morrer. Essas pessoas são extremamente alérgicas à picada das formigas lava-pés.

   
  Abrigos
 

- Gramados
- Canteiros
- Calçadas
- Jardins
- Dentro de estruturas humanas

   
  Doenças Transmitidas e Patogenos Veiculados
  - Bactérias
- Vírus
- Infecções
   
  <<voltar
   
Home / Empresa / Pragas / Clientes / Contato