Descupinização
 
Cupins são mais de 200 espécies no Brasil e predominantemente temos nas áreas urbanas
grande incidência das seguintes espécies:
 
Cupim de madeira seca – Cryptotermes brevis
Cupim de solo - Coptotermes havilandi
 
 
Etapas do tratamento:
 
•  Inspeção do local;
•  Identificação do inseto;
•  Tratamento (técnica a ser adotada);
•  Selecionar produto;
•  Selecionar equipamentos;
•  Garantia (estabelecer cronograma de inspeção pós tratamento).
 
Tipos de tratamento:
 
Localizado – Consiste em aplicar a calda cupinicida diretamente no local afetado por injeção,
tratando cada ponto separadamente.
Barreira química – Consiste em aplicar a calda cupinicida no subsolo estabelecendo uma proteção
química nos locais infestados. Este sistema possibilita um resultado eficaz tanto corretivo com
preventivo por longos períodos.
Encharcamento – Consiste em aplicar a calda cupinicida por aspersão e pulverização tendo como
resultado uma ação exclusivamente preventiva.
 
No tratamento definitivo contra ataques de cupins dispomos de técnicos especializados e
equipamentos de ponta, resultando em qualidade total nos serviços prestados.
 
Os principais grupos de cupins de importância econômica são os Cupins Subterrâneos e os
Cupins de Madeira Seca, descritos abaixo:
 
Cupins Subterrâneos:
 
Atacam edificações (casas e prédios de escritórios e de apartamentos) consumindo madeira
(armários embutidos,guarnições, móveis fixos), celulose de livros e roupas. Invadem o imóvel,
vindos do solo, espalhando-se pela construção. Estabelecem colônias dentro do próprio prédio.
A colônia de cupins é uma sociedade complexa que está estrategicamente escondida.Os principais
gêneros de cupins subterrâneos são: coptotermes e heterotermes.
 
 
Cupins de Madeira Seca:
 
Atacam peças de madeira e móveis, destruindo-os com o passar do tempo. Raramente migram
para outras partes, mas exigem tratamento específico, localizado. Sua presença é indicada pelo
aparecimento de um pó, claro ou escuro, constituído por pequenas esferas , duras ao tato.
Os sintomas de ataque do cupim de madeira seca normalmente se confundem com o ataque de
brocas pela similaridade dos dejetos. A diferença está na granulometria, o cupim de madeira seca
tem o pozinho granulado e a broca tem o pózinho fino.
 
 
 
Home / Empresa / Pragas / Clientes / Contato